Monday, October 02, 2006

momento do dia (público vs privado) ou a coragem de acabar bem o dia

(TR)

Ao fim do dia intenso de trabalho de hoje,
durante o curto percurso a pé do Metro até casa, caiam em compasso irregular sobre a minha cabeça uns pingos de chuva pesados e grossos. Uns pingos de chuva que não deixam margem para dúvidas de que o Outono chegou e o Verão acabou. Ainda bem para mim. Antes de entrar no prédio de casa, olhei vagamente as pessoas à minha volta, mas não tenho a menor ideia se vi alguém - na verdade este foi o meu único gesto irreflectido - fechei os olhos, levantei a cara para cima e pus a língua de fora. Satisfiz um desejo há anos insatisfeito: assegurar-me que tal como sabia em criança - apesar do agravamento dos problemas relacionados coma poluição atmosférica - a chuva continua deliciosa.

Depois disto, chegar agora aqui ao blogue e ver os comentários maravilhosos e saudosos, que me deixam igualmente saudosa, é maravihoso!

7 Comments:

Blogger r.e. said...

eu não me atrevi a deixar que a língua saboreasse a chuva. mas desfrutei a mesma chuva e a mesma nostalgia. beijinho. J.

12:12 AM  
Blogger cbs said...

chegar aqui e viver esses minutos de chuva que partilha conosco, dá um novo sentido á molha que apanhei :)

e não é um prazer menor, creia

12:42 AM  
Blogger sardanisca said...

Bem,tr,aqui para os meus lados era tão forte a chuvada que,se me atrevesse a olhar para cima seria o mesmo que levar um murro na cara...

5:51 AM  
Blogger holeart said...

continua a mesma menina.

dia 11 faz 1 ano.

saude

7:02 AM  
Blogger MBSilva said...

Belo texto!
Revi-me nele... :)

10:11 PM  
Blogger trazmumbalde said...

e sabe tão bem a chuva...
:)

12:00 AM  
Anonymous Anonymous said...

Grande fotografia!
Tem um colorido cinematográfico
que me encanta.

4:18 PM  

Post a Comment

<< Home