Friday, December 15, 2006

BOOK WALL from a "BOOK CELL" installation

(TR)

Uma instalação muito curiosa, em exposição na Fundação Calouste Gulbenkian da autoria de MATEJ KRÉN

Labels: ,

8 Comments:

Blogger holeart said...

curiosa?

hum

conte lá.

12:13 AM  
Blogger TR said...

Holeart, veja aqui: http://www.camjap.gulbenkian.org/l2/ar%7B69B9E9F5-8F5C-4e21-839A-8CB47E581010%7D/c%7B8fc15f72-06c0-49cd-ad43-3abd33a9cae1%7D/m1/T6.aspx

12:16 AM  
Blogger rps said...

Embirro com instalações. Mas esta deu uma bela foto!

3:39 PM  
Blogger -pirata-vermelho- said...

A imagem - interessante.
A instalação - tem três dimensões e mais quem anda à volta!

Obrigado por mostrar

6:40 PM  
Blogger holeart said...

agradeço mas já vi

ao vivo

nao lhe faz mal estar sempre metida em casa?

8:20 PM  
Anonymous Anonymous said...

Essa parede não é anti-incêndio... :-)

Jaime
www.blog.jaimegaspar.com

10:19 PM  
Blogger jg said...

Tal como "rps" não comungo do espírito das instalações, na generalidade.
As instalações parecem-me, sistematicamente, acidentes de arrumação ou composições lineares de arte menor valorizadas em parte pelo local onde se encontram ou pela cotação do artista que a produz.
Li, não há muito tempo, que em Berlim tinha desaparecido de um espaço público uma instalação, de entre muitas que se encontravam patentes nessa cidade. A polícia veio a descobrir, dias depois, que a referida instalação tinha sido desviada para a lixeira municipal pelos funcionários da limpeza, vulgo homens do lixo, que não tendo identificado umas sanitas partidas e outros acessórios sanitários amontoados aleatóriamente, como arte, lhe terão dado o destino merecido.
Curiosamente, o presidente da edilidade promoveu para os "almeidas" berlinenses, um curso de formação em arte contemporânea como forma de evitar futuras confusões entre uma instalação e um monte de lixo!!!
Arrisquem, em Portugal, a promover instalações no exterior, discretamente assinaladas...

3:49 PM  
Blogger TR said...

Eu também não sou fã de instalações, mas tenho de admitir que têm um papel importante na arte que se faz actualmente. A arte hoje já não é mais o que era, já não é mais uma forma de representação, é antes talvez uma mistura entre comunicação e arte (vista de forma tradicional). A fronteira entre o que pode ser uma obra de arte e o que não pode ser já não é o seu valor artístico, mas sim o papel de destaque que lhe é dado enquanto objecto de arte. Nada mais. A partir daqui qualquer coisa pode ser arte. É aqui que entar o papel das instalações. Penso eu de que...

9:14 PM  

Post a Comment

<< Home