Friday, December 22, 2006

A frase

A frase "É impossível fazer um filme integralmente baseado numa obra de Kafka.", naõ é minha. Usou-a um amigo meu há dias. Lembrei-me imediatamente de alguns filmes que podemos designar de Kafkianos, mas que não são efectivamente baseados em obras de Kafka. Na verdade não me lembrei de nenhum filme que seja uma adaptação de qualquer obra de Kafka. Isto fez-me pensar que talvez o meu amigo tivesse razão. Talvez seja impossível fazer um filme bem sucedido com base numa obra de Kafka. Não porque as obras são de difícil adaptação, mas porque são intransponíveis, inexcedíveis, intratáveis. Será? O nosso blogamigo Bartleby diz que há uma adaptação de "O Processo" feita por de Orson Welles que data de 1962. Não conheço, não confirmei, nem sei se é bem feita e se foi bem sucedida. Hei-de investigar. O post que fiz sobre isto pretendeu ser apenas um curto exercício para troca de ideias. Obrigada a todos os que comentaram a frase.

Labels:

13 Comments:

Blogger Funes, o memorioso said...

"O nosso blogamigo Bartleby diz que há uma adaptação de "O Processo" feita por de Orson Welles que data de 1962. Não conheço, não confirmei, nem sei se é bem feita e se foi bem sucedida."

Não foi bem sucedida. Não podia ter sido. As obras de Kafka não são adaptáveis ao cinema.

10:40 PM  
Blogger TR said...

O Funes parece o meu amigo! :-)

11:26 PM  
Blogger holeart said...

This comment has been removed by the author.

4:15 AM  
Blogger holeart said...

e tem razao. nao foi muito bem sucedido mas...

foi um filme que me conseguiu por os nervos em pé.

envio-lhe a copia em vhs

é o que tenho.

outra questão...

outro dia ouvia eu varese (sou fanatico desde há longos anos) e dizia-me a leonor
porque é que gostas de musica de filme de terror. a leonor associa determinadas passagens de peças modernas e contemporaneas as bandas sonoras dos filmes de terror.

outra questão da leonor

por que é que tu gostas da arte do sec XX? um seculo que teve 2 guerras brutais


TR TR TR

olhe a leonor a por as mangas de fora

e apesar de eu nao ser muito dado a carnavais...

... boas festas

4:29 AM  
Blogger toix said...

Um filme bem sucedido!? Com uma história de Kafka!?

11:05 PM  
Blogger croqui said...

concordo, é impossível!

FELIZ NATAL TR,

desculpa a minha ausência!
beijinhos!

11:11 PM  
Blogger Delfí said...

Ei! Bon Nadal! Muacs!

5:44 PM  
Blogger Bartleby said...

Bom; afinal não vi o filme do Orson Welles... que era com o Anthony Perkins... o mesmo do Psyco do Hitchcock. Mas Funes, tu viste o filme do Orson Welles?

Já agora, outro filme que me tinha esquecido (e este eu vi!); é do Steven Soderbergh que depois de ter abalado meio mundo e ter ganho o festival de Cannes em 1989 com o fabuloso Sexo, Mentiras e Video (filme que criou escola e suscitou um renovado interesse pelo cinema independente americano); fez um filme completamente diferente: KAFKA, que é uma mistura entre a biografia de Kafka e as personagens das suas obras com especial incidência (tanto quanto me lembro) das d'O Castelo!!!

Tenho impressão que com mais um bocadinho de esforço de memória ainda arranjo outro filmezinho!!!

11:00 AM  
Blogger Bartleby said...

Mas concluindo... Não; não acho nada impossível fazer a adaptação de uma obra de Kafka ao cinema. Antes pelo contrário; não só acho possível como a obra de Kafka tem todos os ingredientes para se poderem fazer grandes filmes. Claro está que assim será se quem pegar nisso for alguém que tenha percebido o que é Kafka.

11:12 AM  
Blogger Funes, o memorioso said...

Caro Bartlebty,

A quem tenha percebido que é Kafka, a última coisa que pode ocorrer é adaptar uma obra sua ao cinema.
É impossível adaptar Kafka ao cinema. Exactamente do mesmo modo como é impossível ter percebido a obra de Kafka.
Mas este tema vale um post...

12:02 PM  
Blogger Funes, o memorioso said...

No meu comentário anterior, onde se lê:
"A quem tenha percebido que é Kafka",
deve ler-se:
"A quem tenha percebido o que é Kafka"

12:03 PM  
Blogger Bartleby said...

Eh... Eh...!!!

12:31 PM  
Blogger holeart said...

bom assunto: rever o filme e o livro.

ofereço-os a que os reclamar.

vhs/papel... claro

5:18 AM  

Post a Comment

<< Home